Sapo Brothers - Um jeito verde de Ser - Quadrinhos, desenhos animados e afins

↑ Grab this Headline Animator


O Blog da Bethânia


Caricatura: Baptistão (sem autorização do autor)

 

O mundo precisa de poesia.

Se essa informação for verdadeira, e, supostamente, é, nada é mais digno de receber incentivo governamental para existir do que um projeto que tenha como função difundir poesia.

Explico: Na minha concepção, o apoio governamental a projetos da área cultural se mostra necessário sempre que determinado traço da cultura nacional mostre dificuldades em existir por si mesma... Ou seja, que não tem um mercado consumidor que permita que a produção cultural continue existindo por si mesma, sem algum tipo de apoio.

Apoio, no caso, "governamental", por assim dizer. Seja por injeção direta de dinheiro, seja por leis de incentivo de renúncia fiscal, que permite que parte do dinheiro que deveria ser pago em imposto de renda seja direcionado a um projeto que dê, inclusive, visibiliade para a própria empresa.

Desta forma, um projeto que prevê divulgar poesia - e de graça - é, mesmo, muito mais "urgente" para ter apoio governamental do que, por exemplo, um projeto de humor (que já teria um "mercado consolidado" e condições de existir gerando lucro para seus criadores). 

Aliás, outras manifestações culturais, seguindo este raciocínio, na teoria não precisariam de incentivo fiscal para acontecer. Podemos citar o cinema. Não que filmes não sejam cultura. Mas mesmo os "comerciais", o cinema que visa grandes bilheterias, hoje, possuem apoio de leis de incentivo.

Cabe dizer que quase todas as áreas culturais brasileiras dispõe de algum tipo de caminho que viabilize esse apoio governamental, seja com direito de captação de recursos, seja o de diminuição de impostos - como o do mercado editorial.

Retornando ao raciocínio original, uma manifestação cultural que tem pouca abrangência - pouca procura, pouca oportunidade de gerar público, renda, ou seja, de existir por conta própria - mas que seja considerada necessária para a cultura nacional, deve, sim, receber ajuda governamental.

E há defensores ferrenhos que a poesia seja, sim, um produto artístico necessário. E, como sabemos, não é necessariamente lucrativo (exceto quando falamos de música, mas aí entendo que se trata de outro assunto).

Desta forma, um projeto que vise divulgar poesia é um candidato ideal para ser capitalizado por estímulos governamentais.

E aí chegamos ao projeto do blog da Maria Bethânia. O valor orçado parece alto, principalmente por ser um projeto que prevê vídeos para internet que, sabemos, são feitos por valores infinitamente mais modestos tanto por amadores quanto por profissionais...

Mas o projeto previu o cachê de profissionais com certo "pedigree" - imagino que a começar pela própria Maria Bethânia, passando pela Conspiração Filmes que vai finalizar os vídeos e que não tem a obrigação de trabalhar de graça.

Portanto, não há nada de errado com a aprovação do Ministério da Cultura em permitir que Maria Bethânia e equipe captem recursos - que já são previstos no orçamento como destinados para a cultura, não gerando um rombo nos cofres públicos, como o imaginado.

Na verdade, mal comparando, do ponto de vista das empresas que "investem" parte do imposto que deveriam pagar em cultura - com a divulgação da própria marca - seria como se parte do IPVA que eu pago eu pudesse reverter em melhorar a rua em frente a minha garagem. Ou em desconto em estacionamento em zona azul...

Um adendo importante: Pessoalmente, não tenho nada contra Maria Bethânia. Embora ela pra mim tenha a mesma relevância que a Tetê Spíndola (só vale pelas imitações que gera). E eu concorde com o Lobão em considerar a MPB e seus "representantes" um movimento arrogante, prepotente, elitista e superestimado. 

Mas a culpa está em quem superestima, e não nos que se aproveitam disso.

Ok, talvez um pouco de culpa ao Caetano Veloso, mas é só birra pessoal. Se tivesse a oportunidade de ficar cara-a-cara com o dito, não falaria nenhuma ofensa de forma audível...



Escrito por Rafael B. às 16h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Tira alternativa sobre panquecas...

Há algumas semanas, fiz essa tirinha, que foi pro blog hoje:

 

Com os acontecimentos do Japão, pensei em atualizá-la, mas isso seria um pouquinho de oportunismo... eu acho:

Além de oportunista, um tanto sem graça...  Mas fica aqui como registro.

 



Escrito por Rafael B. às 11h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Sapo Brothers rendem homenagens...

O primeiro foi o Diego Guaglianone, que fez a comemoração do  Aniversário do Blog e da turma da Rubina


Sapo Brothers, diversão, tiras, humor, games, jogos, animação, anima, quadrinhos, infantil, minja, jones
E ele bem me avisou que já tem o banner dos Sapo Brothers lá. Por isso não precisava do presente, hehehehe...

 

Logo depois, o Rodrigo Freitas também fez o convite, o qual aceitei prontamente, embora tenha enviado em cima da marca do pênalti:

Aniversário do Blog Esboçais


Sapo Brothers, diversão, tiras, humor, games, jogos, animação, anima, quadrinhos, infantil, minja, jones

 

E por último, o Will Leite fez um concurso sorteando uma camiseta estampada com a caricatura do autor que fizesse o desenho dele que ele mais gostasse.
Por ser fã do trabalho do sujeito, segue aqui a minha homenagem: 

Aniversário de Will


Sapo Brothers, diversão, tiras, humor, games, jogos, animação, anima, quadrinhos, infantil, minja, jones

Quer uma homenagem dos Sapo Brothers? Pede aí!



Escrito por Rafael B. às 11h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Tem gente que não sabe o que é um troll

Mas considera todos os que não compartilham de sua paranóia anti-racista como sendo um.

Quem quiser entender, nessa carta aberta ao Ziraldo http://www.idelberavelar.com/archives/2011/02/carta_aberta_ao_ziraldo_por_ana_maria_goncalves.php/, há uma birra com o artista porque brincou com o racismo - conhecido e comum na época - do Monteiro Lobato, na arte que fez para um bloco de rua do carnaval do Rio de Janeiro.

O meu ex-professor e amigo Gian Danton questionou o texto, comentou - onde eu mesmo já havia comentado antes - e foi considerado um troll. No seu blog, ele pondera sobre o ocorrido:  http://ivancarlo.blogspot.com/2011/03/fanatismo-em-blog.html

Eu voltei ao blog e, desta vez, fiz um comentário mais completo:

A autora do blog decidiu que Lobato é racista e Ziraldo idem, e não há

argumento que a convença do contrário. Parece chateada que seus argumentos
tenham a mesma resistência por parte de quem deles não concorda, como no
caso do Gian Danton.

Pelo visto, só está disposta a escrever para quem faça parte de seu próprio
grupo. Talvez a internet seja plural demais para esse tipo de restrição. "

Comentário que foi removido e que recebi a singela resposta: "tchau troll, tenta de novo". 

Curioso que meu primeiro comentário, muito mais provocativo, continua lá:

Há um termo para resumir esse artigo: mimimi. Há muito do que se criticar Ziraldo. Racismo não é um deles. E ir achincalhar Lobato nem de longe me parece o jeito mais eficiente de atrair SIMPATIA a causa. Já atenção, sem dúvida. Talvez fosse só esse o objetivo."

Não se deve bater palma pra maluco, nem dar espaço demasiado pra quem só quer fazer barulho, mas achei que esse espaço do blog seria adequado pra ponderar sobre o ocorrido. 

Cabe lembrar que eu faço parte de uma minoria... Daqueles que não estão em minoria nenhuma. Portanto, não posso objetivar sobre o que é pra alguém ser humilhado ou destratado por conta da cor de sua pele. Mas concordo que se deva coibir esse tipo de comportamento - e a uma lei bastante rigorosa para dar cabo dessa conduta.

Mas essa caça às bruxas só me faz lembrar o enredo de Fahrenheit 451 - onde, num futuro não muito distante, todos os livros devem ser queimados, já que toda literatura tem potencial para ofender alguém.

 



Escrito por Rafael B. às 09h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese



Eu Tenho Um Blog
Histórico


Outros sites
 Stockadas - Concreto Armado
 Querido Leitor
 Tiago Nepomuceno
 Blog do Cardoso
 Contraditorium
 GuraveHaato desu Ka?
 Marcelo Tas
 Blog do Guabiras
 Movimento Seinfeld
 Blog do Benett
 Porko Parade
 Linha do Trem
 Casa das Tiras
 Tiras Nacionais
 Mau Humor
 Allan Sieber Talk to Himself Show
 Blog do Ota
 Wulffmorgenthaler
 Sinfest
 Cyanide and Happiness
 Jacaré Banguela
 Blog dos Quadrinhos
 Os 7!
 Quadrinho.com
 Redatoras de Merda
 Rafael Sica
 The Perry Bible Fellowship
 Mil Casmurros
 Nonsense - Laryff
 Wagner & Beethoven
 Desmotivado
 Capinaremos
 Irmãos Brain
 Os Levados da Breca
 João Blog
 Barata Obama